14.3.12

ONE HOT SUMMER FRIDAY NIGHT IN RIO, by Paulo Malária

Como todos que leem já sabem, eu fui o primeiro jornalista brasileiro e mundial a descobrir a real razão da vinda do prince Harry à nossa cidade: ele é viciado em shows do Morrissey. Não consegue perder nenhum, desde pos tempos dos Smiths.
.
Essa é a VERDADEIRA VERDADE. Pra deschavar, inventaram uma campanha de investimentos no Reino Unido ("2012 WILL BE GREAT... BRITAIN) e até uma advertência ao Brasil para que não se meta no buchincho das Malvinas. Tudo caô. A midia existe para que o povo não conheça a verdade. Por isso é que eu me formei em Jornalismo e nunca consegui trabalhar nessa porra.
.
Minhas fontes informaram que o prince estava vindo para uma festinha no Morro da Urca. Convidaram um monte de barangas e passistas de escola de samba. Só não chamaram a Pinah porque não ficava bem ela pegar o pai e anos depois o filho. A lei britânica considera isso incesto presumido.
.
É de conhecimento público que eu resido aos pés do supracitado morro e possuo um equipamento potentíssimo que permite visualizar tudo o que está acontecendo lá em cima e interceptar todos os sinais de telecomunicação emitidos desde o alto do penhasco. Liguei a tela de minha câmara exclusiva e lá estava o prince, suando em bicas, sem entender merda nenhuma do enfadonho discurso que nosso alcaide proferia.
.
Isso foi às 10 da noite. Acionei então o interceptador do tweeter que a família real usa para se comunicar overseas. Não revelarei a destinatária da mensagem por uma questão de elegância e porque não quero ter problemas quando voltar a visitar a verde e agradável ilha. Mas vocês terão acesso ao conteúdo exclusivo, já traduzido para aqueles menos versados no idioma de Shakespeare e Johnny Rotten!
.
(Início da interceptação do tweeter de Sua Alteza Real - Tradução copyright 2012 Bag the Bad - Todos os direitos reservados)
.
10 PM Rio time - 1 AM Greenwich time
"Esse prefeito, sei não, tô achando que ele é... Bom, mas o Morrissey também é e eu sou fãzoca dele. Qualquer maneira de amor vale a pena, só não posso perder o show."
.
10:30 PM Rio time - 1:30 AM Greenwich time
"Puta que pariu, vou chegar atrasado no show do Morrissey. Faz mais de 10 anos que eu não perco nem a primeira música. Vou ter que acionar o helicóptero."
.
11 PM Rio time - 2 AM Greenwich time
"Ai caralho, festa chata da porra e o show tá quase começando. Nào é possível que eu tenha de ficar ouvindo esses pagodes insuportáveis enquanto o Morrissey tá arrebentando a poucas milhas daqui."
.
11:30 Rio time - 2:30 AM Greenwich time
"That`s impossible! O cara subindo ao palco e eu aqui sendo azarado por um batalhão de mocréias! O pior é que tava tudo armado pra eu chegar no show disfarçado de cabo das SS e aqui nesse morro não tem nem um camarim privê pra eu botar minha fantasia!"
.
Midnight Rio time - 3 AM Greenwich time
"Bom, agora fudeu a mariola. Vou pegar qualquer baranga so pra nao acabar a noite na mao. Bem que meu pai me avisou que esses 'cariocas' eram pegajosos pra cacete. Merda, perdi o primeiro show do Morrissey na minha vida. Nunca pensei que um dia isso fosse acontecer. Blame it on Rio."
.
(Final da interceptacao)